make-a-donation.png

Av. Eng. Márcio Duarte Ribeiro 500
Jardim do Lago 2 - Campinas/SP
CEP: 13051-058

+55 (19) 3256.1966

contato@eufraten.org.br

  • Facebook
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
  • YouTube

EDUCAR-SE, EDUCANDO COM AUTOCONHECIMENTO

DEPOIMENTOS

Olá, meu nome é Lucas Felipe Soares de Souza tenho 17 anos frequentei a Fundação Eufraten no período de 4 anos aproximadamente e hoje participo das aulas de Judô aos sábados, pois estou trabalhando. A Fundação fez e faz parte do meu crescimento pessoal e profissional, onde nas aulas educativas da instituição eu consegui absorver cada momento. Em todas as atividades que eu participei estão presentes no meu dia a dia. O yoga me ajudou com a meditação pois consegui conhecer o interior do meu corpo, quando algo começa a dar errado na empresa passo a refletir mais, já a oficina de PMT me ensinou como me comportar em um entrevista, a fazer meu currículo.

É com grande prazer, que venho por meio deste depoimento, apresentar meus agradecimentos pela imensa contribuição que a Fundação Eufraten realizou na minha vida. 
Meu nome é Kívia Vitoria, tenho 17 anos, estou cursando meu 3°ano do ensino médio, que é integrado com um colégio técnico. A fundação entrou na minha vida, nos meus 13 anos, no período da tarde eu participava de algumas atividades, como: Educarte, Dança, Yoga, Preparação para o Mercado de Trabalho e Judô. Em todas essas atividades, tive educadores maravilhosos, que me passaram conhecimentos valiosos, como refletir antes de tomar uma atitude, são coisas básicas, que as vezes passam despercebidas, mais que tem muito valor no dia a dia. 

 A polarização que também aprendi na fundação, é um momento que tiro para mim, são exercícios feitos a partir da respiração, que te ajudam a ficar mais calmo, relaxando seu corpo e esvaziando sua mente. 
Atualmente estou em meu primeiro emprego com a carteira assinada, o curso de PMT, me ajudou muito nesse momento, com ele eu tive uma base de como fazer um currículo, como me comportar em uma entrevista, qual roupa adequada, quais as questões que seriam abordadas durante a entrevista. São inúmeras coisas, que levarei para a vida toda, agradeço imensamente a todos os educadores, a fundação é um pilar na minha vida.

Sou a Jennifer tenho 15 anos, minha relação com a fundação começou em 2009, quando eu tinha 7 anos, fiquei na fundação até o ano de 2017.  
No começo só queria participar por ver outras pessoas frequentando e se divertindo, no final, acabei gostando de estar ali, participando, exercendo meu senso crítico, formando minhas próprias opiniões, e trabalhando o autoconhecimento.
A fundação me ajudou bastante em questões de comportamento, atitudes, ajudou a expandir meus conhecimentos a partir das 5 regras (observar, refletir, tomar atitude, agir e saber esperar).

 

O interessante é o aprendizado lúdico através de brincadeiras simples, porém reflexivas, além dos cursos básicos oferecidos.
Comecei a ser voluntária desde quando eu tinha 8 anos (2010) e fui voluntária até meus 15 anos (2017), gostava muito de ser voluntária pois participava de eventos e multirões.
Hoje estou no mercado de trabalho, as vezes sinto saudades da fundação, por isso aproveitem enquanto vocês estão aí, seja educadores, educandos, voluntários ou outros, porque pode parecer que não mas um dia vocês irão sentir saudades da época em que vocês estavam frequentando a fundação, não estou dizendo que sentiria falta das pessoas (talvez) mas sim do ambiente.
Agradeço a fundação pela oportunidade oferecida, pelo aprendizado, conhecimento e se hoje eu penso do jeito que eu penso é por causa do autoconhecimento.

A EPV pra mim é um meio de aprendizagem como na escola a escola ela ensina a ler e escrever corretamente, agora na Epv é um pouco diferente porque na Epv a gente aprende a ter um comportamento melhor, e aprender o autoconhecimento.

Conhecer a si próprio.

Eu Jackson, quando entrei na Eufraten eu mudei muito, nas minhas atitudes em todas as aulas, no futebol o professor sempre fala das 5 regras observar, refletir, tomar atitude, agir, saber esperar antes eu não fazia nada disso, muito menos saber esperar, e eu também não sabia que cada ação tem sua reação mesmo que demore, na aula de informática aprendi muitas coisas, que eu não sabia no computador tipo word, nem sabia o que significava sabia que era pra escrever um texto mas não sabia que tinha mil e uma utilidade, no yoga quando entrei eu estava travado de verdade mas com o tempo fui destravando e melhorando minhas posturas.

Quando eu entrei na Eufraten eu mudei muito como pessoa, como filho, como aluno, eu acho que aqui na fundação os educadores ensinam muitas coisas.eu aprendi sobre as 5 regras aprendi a utilizar elas, conheci pessoas muito legais e eu quero que no futuro meus filho frequente a fundação e algum dia eu quero ser voluntario.

Olá, meu nome é Patrícia Monteiro, tenho 26 anos


Hoje venho falar de momentos importantes e de grande valor. Passei alguns anos frequentando a fundação Eufraten, eu fiz vários cursos, curso de arte com o educador Dimas, eu fiz  curso de inglês, informática e auxiliar administrativo participei de alguns workshops também; em todas essas atividades eu tive educadores determinados, competentes e muito esforçados, quero agradecer a todos pela dedicação e pela imensa paciência que tiveram comigo durante os anos que estive lá, cada curso um ensinamento e aprendizado na minha vida. Hoje sou recepcionista trabalho na Gocil e presto serviço na EPTV. Daqui alguns meses completo 4 anos de empresa.

Obrigada a todos da fundação pelo carinho e dedicação, que vocês continuem com esse trabalho ajudando a ter um Brasil melhor.


E todos sabemos que para ter um Brasil melhor precisamos de pessoas como vocês, que pensam e investem na  EDUCAÇÃO 


Obrigada de coração